5 motivos para investir no mercado de alimentação saudável

De Categoria: Alimentação Saudável, Delivery, Dicas e curiosidades, Franquias Comentários: Sem comentários Tags: , , ,
Compartilhe:

Você sabia que o mercado de alimentação saudável no Brasil deve crescer, em média, 4,41% ao ano, até o ano 2021?

Estes dados são da agência de pesquisas Euromonitor International que comprova os aspectos positivos ao investir no ramo.

Os setores de bebidas e alimentos saudáveis estão em evidência, tanto que, só no ano de 2016, foram movimentados cerca de R$ 93,6 bilhões em vendas, e por consequência, o Brasil ficou em 5ª posição no ranking dos países mais influentes no setor.

Mas, além do aquecimento na economia, o crescimento do mercado de alimentação saudável representa os novos hábitos dos consumidores, que estão cada vez mais preocupados com sua saúde e bem estar.

Com a correria diária, o estresse do trabalho e a falta de tempo para atividades físicas, a preocupação caiu sobre a alimentação que também vinha em uma linha decadente e nada sadia.

Junto a essa realidade, doenças e complicações foram surgindo, o que despertou a atenção da população em geral, que atualmente procura qualidade e sabor em seu prato.

Conheça agora os 5 motivos para investir no mercado de alimentação saudável no Brasil:

#1 Perfil do consumidor

Mulheres e consumidores de maior idade, que dão maior importância para hábitos alimentares mais saudáveis.

Já as bebidas mais procuradas por esse perfil de consumidor são: chá, chá gelado, iogurte e smoothie.

#2 Oportunidades de mercado

Com o tempo escasso para se alimentar de forma correta, as pessoas acabam por optar por praticidade, por isso, existe a enorme procura por estabelecimentos que forneçam opções prontas, como é o caso das franquias Saladices.

Para aprofundar seus conhecimentos sobre o mercado de franquias, baixe o e-book completo e gratuito que preparamos para você:

 

Como investir em uma franquia de sucesso?

 

#3 Nichos do segmento

Tendo como base ainda os estudos da Euromonitor que citamos no início do artigo, podemos dividir o mercado de alimentação saudável em 4 categorias. São elas:

  • Produtos com acréscimo de nutrientes como ômega 3 e cálcio
  • 100% naturais
  • Sem glúten, sem lactose e sem açúcar
  • Orgânicos certificados

#4 Faturamento

Acompanhe os números do faturamento anual dos nichos citados anteriormente:

  • Produtos com acréscimo de nutrientes como ômega 3 e cálcio: R$ 36.332 bilhões
  • 100% naturais: R$ 37.654 bilhões
  • Sem glúten, sem lactose e sem açúcar: R$ 1.027 bilhão
  • Orgânicos certificados: R$ 227 milhões
  • Outros produtos: R$ 18.360 bilhões

#5 Colaborar com um mundo melhor

A alimentação saudável contribui em vários aspectos da sociedade.

O principal é sempre a saúde de quem os consomem. Aquilo que colocamos no prato influencia diretamente no cuidado com o nosso corpo, seja na forma física ou no combate a doenças graves como o câncer.

A sustentabilidade envolve a produção local. Geralmente os alimentos orgânicos são fornecidos por esses produtores, o que fortalece a agricultura da região.

Já o meio ambiente agradece por não sofrer com os agrotóxicos e outros pesticidas no ar, no solo e em nossos rios.

Dessa forma todos saem ganhando!

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro desses e de outros assuntos.

🙂

Compartilhe:

Deixe uma resposta